Go to Top

Notícias

    Clube das Pás promove dois dias de forró com o cantor Raminho do Acordeon

    Shows acontecem nesta sexta (23) e sábado (24); no repertório, estarão canções autorais e releituras de grandes sucessos


    O Clube das Pás promove dois dias de muito forró com o cantor, compositor e sanfoneiro Raminho do Acordeon, nesta sexta (23) e sábado (24), dia de São João, a partir das 17h e 21h, respectivamente. A Orquestra das Pás abre a casa nos dois dias.

    No repertório, Raminho entoará canções autorais, como "Amor do forró", "Homenagem a Itapissuma", "Sede de você", "Rei do baião" e "Arrastapé no palhoção" e releituras de grandes clássicos do forró, como "De mala e cuia", "Não fale pra ninguém que você é minha", "Lembrança de um beijo", "Tolice de nós dois" e "Numa Sala de Reboco".

    Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada), disponíveis na bilheteria da sede da entidade. O Clube Carnavalesco Misto das Pás fica na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife. Mais informações pelo telefone (81) 3242-7522.

    Serviço 1:

    Raminho do Acordeon
    Local: Clube das Pás, na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife
    Sexta (23) | 17h
    Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
    Informações: (81) 3242-7522

    Serviço 2:

    Raminho do Acordeon
    Local: Clube das Pás, na Rua Odorico Mendes, nº 263 - Campo Grande, Recife
    Sábado (24) | 21h
    Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada)
    Informações: (81) 3242-7522

    Raminho do Acordeon

    Nascido em Ipojuca, Raminho do Acordeon veio morar no Recife quando era criança e influenciado pelo pai, foi adquirindo gosto pelo forró. Ainda adolescente, aprendeu a puxar o fole da sanfona, doada pelo pai e como admirador de Luiz Gonzaga, começou a fazer apresentações cantando as músicas imortalizadas pelo Rei do Baião. O artista foi descoberto pela Banda Maia e daí por diante se apresentou com diversos artistas, como o próprio Gonzagão, Dominguinhos, Chiquinha Gonzaga, Arlindo dos 8 Baixos, Alcymar Monteiro, Novinho da Paraíba e Israel Filho. Algumas de suas apresentações mais importantes foram no Festival de Inverno de Garanhuns, no Clube das Pás, no Clube Português e na Sala de Reboco.

    O artista, que tem 25 anos de carreira, possui três discos gravados. O primeiro é "Conflito de Amor", gravado em 1995. O segundo, intitulado "Saudade do Rei", é uma homenagem ao saudoso mestre Luiz Gonzaga, com a mistura de canções de Gonzagão e de Raminho e o terceiro, "Homenagem a Itapissuma", Raminho presta tributo ao município. Sanfoneiro, cantor, compositor e produtor artístico, Raminho está na lista dos melhores intérpretes do genuíno forró pé de serra e um batalhador pelas raízes da nossa cultura popular.

    Voltar